quinta-feira, 13 de setembro de 2018

E meu voto vai para...

Fala, pessoal!

Inspirado no post do Cowboy Investidor, vou declarar meu voto. Não vou entrar muito em detalhes porque não tenho tido muito saco de blogar ultimamente.

Tenho estado desanimado com o trabalho e com investimentos. Sinto que não saio do lugar. Mas isso é assunto para outro post.

Vamos lá, que rufem os tambores...

Primeiro turno: João Amoedo


Por que?

Contra o aborto, contra a legalização das drogas (se bem que uns tempos atrás eu ouvi ele dizendo que era a favor, mas que não era prioridade para o país, talvez tenha mudado de ideia, não sei), a favor do armamento civil e privatizações.

Já é MUITO rico então não precisa roubar, sujar seu nome e correr o risco de ser preso como um certo ex-presidente.

Além disso gosto das diretrizes do partido NOVO. Um exemplo: são contra um membro eleito do NOVO largar o mandato para se candidatar a outro cargo.

Um vereador do Rio descumpriu essa decisão e o partido briga na justiça para impedi-lo. O TRE deu ganho de causa ao vereador, mas o partido sequer lista seu nome no site do NOVO entre seus candidatos deste pleito.

Segundo turno: Bolsonaro


Por que?

Porque o Amoedo não vai pro segundo turno, infelizmente. Então, dos que sobram, acho que é o menos pior.

Adquiriu recentemente um verniz liberal do qual eu desconfio muito, mas só por adotar esse discurso já me parece melhor que os demais candidatos na seara econômica (com exceção do Meireles, mas o fato dele ser do PMDB e usar o Lula como puxador de votos involuntário já tiram toda e qualquer credibilidade dele), é contra o aborto, drogas e à favor de penas mais duras para bandidos e à favor do armamento civil.

Diz ser a favor das privatizações, mas que vai deixar Petrobras, Banco do Brasil e Caixa Econômica de fora (segundo eu li), ou seja, é praticamente a mesma coisa que ser contra as privatizações.

Confio nos dois cegamente? Não mesmo.


Posso me arrepender amargamente de votar neles no futuro? Com toda certeza. Mas temos que escolher alguém, então são esses aí.

Amoedo por convicção e Bolsonaro por falta de opção.

24 comentários:

  1. Ia usar sua estrategia também ,mais melhor tentar já Bolsonaro no primeiro turno, Federal vou no Príncipe ou no Eduardo Bolsonaro e pra deputado Estadual vou no Artur mamãe falei minha duvida ta no Senado.
    abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aqui no RJ as opções para deputado estadual e federal são lastimáveis e são tão importantes quanto escolher presidente. Para governador então nem se fala.

      Excluir
  2. Estamos juntos, voto do mesmo jeito.

    ResponderExcluir
  3. trabalho na eleição e nunca voto.

    abç

    ResponderExcluir
  4. Olá Nerd

    Cara, minha opinião.

    Se eu fosse você já ia de bolso no primeiro turno mesmo. Porque? Bom não sei se você sabe mas o Amoedo tem uma pauta voltada para o empodenramento feminista, só por ai você ja imagina para pra que lado ele corta né. E também é sabido que ele não ganha e com isso abre-se a possibilidade de haver um segundo turno entre bolsanaro e talvez Ciro gomes e sabemos que o Ciro dos que estão lá é o pior candidato, de todos.

    Seria inteligente tentarmos eleger o bolso já no primeiro turno para não corrermos o risco de ter outro Nicolas Maduro no poder.

    Abç

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo com o mestre dos centavos. Foi o motivo que me levou a desistir do Amoedo. Assim que eu vi a propaganda dele na TV falando que precisamos empoderar a mulher no mercado de trabalho (como se já não houvesse até mesmo um privilégio das mulheres no mesmo) já vi que o cara esta no caminho errado.

      Excluir
    2. Anon e Mestre,

      Desconheço essa pauta dele. Onde posso saber mais sobre isso?

      Dito isso, não acho que esse tal "emponderamento" seja ruim. E, mesmo que fosse, seria um ponto negativo em meio a tantos pontos positivos que vejo no João Amoêdo.

      Abraços

      Excluir
  5. Olá MIN,

    Obrigado pela referência. Vamos eleger o Bolsonaro. Não podemos deixar essa esquerda eternizar no poder.

    Abraços.

    ResponderExcluir
  6. Amoedo vai ser moido.
    Amoedo poderia-se cogitar em votar, bem como Álvaro Dias, caso tivessemos o bipartidarismo ou no máximo 4 partidos.
    Portanto, vc estará ajudando os comunista ir para o segundo turno, votando no moído. Aqui entra o voto útil, MITO ja no primeiro turno.
    Falei e disse!

    Sucesso
    Abraço
    Bagual

    ResponderExcluir
  7. Eu so n quero q o ciro gomes ganhe, so isso. Mas nossos queridos RJ e MG estao ai pra cagar nas nossas cabeças mais uma vez.
    Pimentel e Anastasia(2 corruptos q fuderam MG) indo pro 2 turno e dilma eleita senadora, é foda esse estado.

    ResponderExcluir
  8. Também vou votar do mesmo jeito.

    Meu voto, pelo menos no 1º turno, é por convicção e pelo que vi até agora o melhor candidato é o Amoêdo. O voto pra mim é um negócio muito de consciência e eu quero ter a consciência tranquila de que votei em quem eu acho o melhor candidato para o país.

    No 2ª turno sim é lugar de pensar em "voto útil".

    Abraços!

    ResponderExcluir
  9. "Confio nos dois cegamente? Não mesmo."
    Só quem confia CEGAMENTE em político é a turma do mimimi esquerdista.
    Abraços!
    O meu voto é Bolsonaro. Tenho receio de caras de Amoedo pq políticos extremamente liberais no discurso ou na prática são os que arrumam a cama onde a esquerda deita e rola...
    Mas, claro, não sou dono da razão que o tento ser. É só meu ponto de vista mesmo.

    ResponderExcluir
  10. Nunca tivemos uma chance tão grande de nos livrarmos deste câncer chamado PT e suas metástases (PSOL, PDT, PCdoB, PMDB, PSDB, etc). Mas o que, nós os "iluminados"e "esclarecidos" fazemos?? Nos dividimos entre Bolsonaro, Amoêdo e Álvaro Dias, o que inevitavelmente levará a disputa para o segundo turno. Aí amigos a Inês estará morta, pois todos estes partidos que tem rabo preso se unirão ao PT para que a coisa continue do jeito que o diabo gosta, ou seja, o foro de São Paulo no poder. O único que teria chance nesse momento seria, ou será, Bolsonaro. Todos os que prezam pela família e os bons costumes deveriam se unir para nem ter segundo turno, pois esta é a nossa única chance de tirar a esquerda maldita do poder. Ah! Mas o Amoêdo é inteligente, é idôneo, é competente, etc... não vou entrar nesse mérito pois não adianta isto neste momento. O que realmente importa é tirar os bandidos, e aí sim na próxima eleição com o Brasil salvo e a caminho da Ordem e do Progresso avaliar o Amoêdo, Álvaro Dias ou outros políticos decentes, capazes e honestos.
    Hoje, Amoedo e Álvaro Dias são muito mais importantes para a ESQUERDA que o "Lulla", pois divide os votos da Direita e desta forma não propiciarmos a nossa vitória no primeiro turno. Estaremos entregando a eles a continuidade dos ladrões e corruptos no poder. Se Álvaro Dias ou Amoêdo tivessem alguma chance... mas todos nós sabemos que não tem. Então amigos sejamos sensatos e não cometamos esta imprudência nas eleições. PENSEM NISTO PELO BRASIL, e não para mostrar que você é mais esclarecido ou iluminado que a maioria. O país merece este seu sacrificio. Menos a sua própria convicção e mais NOSSA PÁTRIA AMADA BRASIL.

    #BolsonaroPresidente17

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não conheço uma alma viva que vá votar no Álvaro Dias.

      Tenho muito receio do Bolsonaro ser um Lula da direita. Não que vá ser tão corrupto quanto, por uma série de fatores eu creio que isso seja quase impossível, mas por ser uma completa decepção.

      Excluir
  11. Opa MIN,
    Participa lá da pesquisa. Divulga para seus leitores.
    Abraço!

    ResponderExcluir
  12. E aí Micro! Nunca mais você apareceu por aqui, já estava achando que tinha abandonado o blog.

    Bom post, gostei das suas ponderações. Também votei em Amoedo no 1º turno pelos mesmos motivos que você. Já para o 2º turno eu estava decidido a votar nulo, mas agora estou considerando a possibilidade de votar em Bolsonaro, mas ainda não decidi. Assim como você, também não confio nele, que se diz de direita, sendo que isso só aconteceu de uns tempos para cá e ele nunca mostrou na prática. Acho também que ele tem um viés mais nacionalista. Fala de privatizações, mas ao mesmo tempo diz que não vai privatizar Petrobrás (a não ser em último caso, segundo ele) e nem Eletrobrás, que já estava encaminhada por Temer. A chave do sucesso de um governo Bolsonaro está em dar liberdade para a sua equipe econômica agir no que for necessário, porque se ele começar a interferir pode dar errado. E espero mesmo que o governo dele dê certo (ele já está praticamente eleito), porque se não der, a direita vai ficar manchada durante vários anos. A oposição vai fazer questão de associar "direita" com "Bolsonaro", o que poderá tirar as chances de candidatos decentes, como Amoedo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Calvin!

      De vez em quando eu sumo mesmo, fico só lendo os posts dos outros (às vezes nem isso).

      Se o governo do Bolsonaro não der certo aí é desistir de vez do Brasil. Eu sei que ele não vai resolver tudo em quatro anos, mas espero que pelo menos ele consiga melhorar um pouco a economia e a questão da violência (esta segunda acho mais difícil ainda porque as polícias são estaduais).

      Excluir