domingo, 19 de fevereiro de 2017

Brasileiros criam robô anticorrupção

Será que o Brasil tem jeito?

Às vezes eu cometo o erro de achar que tem... 

exemplos como a lava-jato, a gestão do Dória em São Paulo e agora essa iniciativa, intitulada "Operação Serenata de Amor", de um programador gaúcho de 23 anos de idade chamado Irio Musskopf me dão essa fugaz esperança.

operação serenata de amor


Reparem que um cara, praticamente sozinho e com um pequeno crowdfunding, conseguiu construir um sistema que fiscaliza os gastos dos nossos ilustrississíssimos deputados federais. Vai me dizer que não dava para o próprio congresso fazer um projeto desses? Claro que dava, mas não há interesse. Lembrando que é o congresso, com o auxílio do Tribunal de Contas da União, é quem deve fiscalizar o Poder Executivo. Who watches the watchmen? 

Coincidentemente, eu bem vi esse projeto no Catarse essa semana e tinha ficado de pesquisar mais sobre para, quem sabe, fazer uma doação a eles.

Leia um trecho da matéria que saiu semana passada no Estadão.

No desenho animado ‘Os Jetsons’, sucesso na década de 1960, a robô Rosie ajudava a família futurista a administrar a casa. Agora, um algoritmo criado no Brasil – que ganhou o mesmo nome em homenagem ao desenho animado – enfrenta um desafio ainda maior: manter o País em ordem. Criado pelo programador gaúcho Irio Musskopf, de 23 anos, a Rosie analisa os gastos de políticos durante seus mandatos. Ela já identificou quase R$ 380 mil em notas fiscais irregulares, que levaram a denúncias contra mais de 200 deputados federais.
“Durante as eleições municipais do ano passado, comecei a pesquisar e a analisar informações dos candidatos à prefeitura para escolher em quem votar”, conta Musskopf, em entrevista ao Estado. “Logo percebi que esse tipo de análise poderia ser feita em larga escala, por uma inteligência artificial.”

Para quem quiser ler a matéria completa do Estadão, é só clicar aqui.

Para quem quiser apoiar, aqui está o link do Projeto Operação Serenata de Amor no Catarse.


Temo pela vida do criador desse projeto caso ele vá adiante e comece a incomodar muito nossos nobres deputados...

sexta-feira, 17 de fevereiro de 2017

Uma pequena pausa para entrar no Facebook e me arrepender

Essa eu preciso desabafar...

Estava eu estudando, já cansado mentalmente, e resolvi ler alguma bobagem para relaxar. Ora, qual é o antro de bobagens da internet? Facebook. E, contrariando o que eu disse no último post, lá vou eu para a rede do Zuckerberg.

Assim que eu entro, me deparo com um dos meus amigos compartilhando esse singelo post.

Fan page nordeste livre



Randolfe Rodrigues e Lindberg Farias

É f*da, viu? Tudo pra esses caras é resolvido com mais imposto! Como diria o Chaves do oito:

"só não são mais burros por falta de espaço!"

Qual será o efeito lógico disso?

Vai aumentar o preço da mensalidade de serviços como o Spotify, mais gente vai cancelar os serviços e mais gente vai baixar mp3 ilegalmente. E absolutamente NINGUÉM vai comprar mais cd's por causa disso! PUTAQUELOSPARIU!

No fim das contas, esse tipo de "ideia" só prejudica ainda mais a população e ajuda os políticos, que terão mais dinheiro para roubar.

Não ajuda as gravadoras e artistas, pois esses, sem têm ao menos dois neurônios, já estão ganhando dinheiro com Youtube e serviços de streaming, e nenhuma loja hoje em dia vive de vender CD's e DVD's (com exceção de uma loja em um grande shopping center da minha cidade, que eu desconfio que seja lavagem de dinheiro, porque não há outra explicação!).

Para arrematar, ainda perco tempo procurando notícias sobre essa jeguice, que eu não posso fazer nada a respeito (além de xingar muito no feice), e sigo perdendo tempo de estudo ou relaxamento.

E preparem-se: Ciro Gomes 2018 vem aí!

[/mimimi]

quarta-feira, 15 de fevereiro de 2017

Uma semana fora do grupo de amigos no WhatsApp

Olá, competidores da corrida dos ratos!

Faz um pouco mais de uma semana que saí do grupo de amigos no WhatsApp. O motivo que eu aleguei era que uma importante prova de concurso público, a qual eu vou prestar, estava chegando e eu precisava me concentrar nos estudos. Me despedi, jurei que voltava e saí do grupo.

Realmente o motivo era real, vou fazer a prova de um grande concurso mês que vem e queria perder menos tempo no WhatsApp. Passada a prova a minha intenção era voltar. ERA. Não pretendo voltar mais a esse grupo.

grupo de amigos whatsapp


Por que não, MIN?

Porque está melhor assim. Perco menos tempo com bobagens, o meu dia a dia fica mais leve. Exagero meu? Não. O meu grupo de amigos, dia sim, dia não, discutia política, religião, aborto, feminismo, fora a quantidade industrial de memes e vídeos compartilhados! São assuntos que me interessam, mas que estavam me fazendo mais bem do que mal devido a alta quantidade e frequência. Não dizem que a diferença entre o veneno e o remédio é a dosagem? Pois é...

Às vezes que ficava algumas horas offline, estudando ou cuidando da vida, e quando ligava a internet do celular eram 100, 200 mensagens. Já teve uma vez que pipocaram, de uma só vez, mais de 400 mensagens! E eu lia tudo! Não era saudável.

grupo de amigos whatsapp

Um pouco antes, também encerrei a minha conta no Twitter. Até gostava dessa rede social, mas perdia muito tempo nela e praticamente tudo que tem nela tem também no Facebook e no Instagram, então passei o facão nela.

Facebook é um negócio também que cada vez entro menos. Se não fossem por grupos e páginas sobre assuntos específicos no qual eu tenho interesse, tinha saído também. Descurti muitas páginas que eu seguia, especialmente ligadas à política ou ao mercado de comunicação. Do Instagram eu tenho gostado mais porque os assuntos são mais amenos, os comentários das postagens têm pouco destaque e eu uso como álbum de fotos, quase como um backup das minhas foto preferidas.

Tenho preferido passar o meu tempo online lendo blogs, que tem um conteúdo bem mais interessante, de vários assuntos. Inclusive, fiquem à vontade para me indicar algum blog que vocês gostam de ler aqui nos comentários.

Em tempo: todos eles ainda continuam meus amigos, só não desejo estar em constante discussão sobre "N" assuntos 24h por dia. Ainda continuo usando o WhatsApp normalmente, inclusive não saí do grupo de vídeos XXX, hehehe!