quarta-feira, 8 de fevereiro de 2017

Consegui finalmente!

Inspirado pelo documentário Happy (falei sobre ele e, inclusive, postei o documentário inteiro para assistir aqui), onde pesquisadores concluíram que esportes e forte laços sociais são elementos importantes para uma vida feliz, resolvi tentar fazer algo que há muito tempo eu tinha vontade de fazer, mas nunca conseguia por diversos motivos: juntar alguns amigos e jogar basquete, um esporte que eu gosto muito. E finalmente consegui jogar no sábado passado!

Vocês devem imaginar a dificuldade de conseguir jogar qualquer tipo de jogo coletivo, especialmente basquete! Além do trabalho de conseguir mobilizar um número mínimo de pessoas (nesse caso, 4, contando comigo, o que ainda seria um número bem baixo) ainda há o trabalho de conseguir um lugar para jogar, com cestas minimamente decentes. Eu só consegui porque um amigo meu que topou jogar mora em um condomínio de luxo (pelo menos na minha opinião) e lá, milagrosamente, tinha uma quadra de cimento com cestas bem conservadas e até bebedouro com água gelada!

Curiosamente, a epifania de tentar juntar uma galera para jogar veio enquanto eu estava na academia malhando. Eu ficava pensando "Po, to aqui fazendo esteira, puxando ferro, me aprimorando fisicamente, mas não tem nenhum esporte pra praticar, que saco". Daí lembrei-me de um colega que conheço a relativamente pouco tempo (um "laço fraco" segundo o livro O Poder do Hábito, que acabei de ler), namorado de uma amiga minha, e resolvi ver se ele tinha alguma "pelada" já estabilizada no círculo social dele. Ele disse que não tinha, mas ele já tinha ficado empolgado com a ideia de jogar, daí chamei ele e joguei a ideia no grupo de whats app consegui mais dois candangos pra jogar, o meu irmão e esse meu amigo do condomínio, o que foi um grande adianto, senão eu teria que ir lá na casa da caralha pra conseguir jogar em uma quadra pública.

Enfim, passado o perrengue de conseguir uma bomba de ar para encher as bolas (e muitas piadas de duplo sentido depois), nós finalmente conseguimos jogar e, inesperadamente, surgiram uns muleques da casa em frente, que estavam em uma festa de aniversário de criança e ficaram olhando fissurados pra gente jogando. Eles foram chegando de mansinho, batendo bola (estávamos jogando em meia quadra) até que pediram pra jogar com a gente. Foi um alívio, porque estávamos morrendo jogando 2x2, morrendo de tanto correr e de calor também. Os garotos eram novos, entre 10 e 16 anos e jogavam bem até! O jogo ficou mais técnico e menos corrido depois disso e bem mais divertido também porque a zoação rolou solta!

No fim das contas, essa história saiu muito melhor do que eu esperava! Vou fazer o possível para "institucionalizar" essa "pelada" ao menos uma vez por mês e também tentar chamar mais gente pra jogar.

E tudo isso só foi possível (além do supracitado amigo do condomínio), ou melhor dizendo, isso tudo só ocorreu porque eu assisti a um documentário e também porque eu estava fazendo atividade física, o que deve ocasionado uma descarga que dopamina no meu cérebro que me deu ânimo suficiente para ficar uma semana organizando essa pelada.



10 comentários:

  1. Isso aí, procure ocupar a mente com o que gosta, ficar parado não dá certo, eu mesmo tenho estado muito sedentário de uns anos pra ca, vou ver se me animo com seu exemplo e junto uma galera pra bater uma bolinha. Abraços.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso aí cara, você vai ver que depois que conseguir fazer isso você vai ter mais ânimo! Sucesso!

      Excluir
  2. Deu até vontade de jogar tbm! kkkk
    Estou fazendo treinamento funcional (fizeram um negocio aqui no condominio que se pode fazer varias atividades pagando apenas uma mensalidade) e tenho gostado até, quando não da pra ir fico boladão!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Como é esse treinamento? Morar em condomínio tem lá suas vantagens.

      Excluir
  3. Que legal...Micro investidor nerd. Queria voltar a jogar futebol. Até minha adolescência jogava quase todos os dias...RS.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu não jogava todo dia, mas pelo menos 1x por semana. Tirando a pelada anual do trabalho, eu não jogo com meus amigos há anos (futebol). Uma pena, era sempre um grande evento, ia o amigo do amigo do amigo, hehe!

      Excluir
  4. Show faz tempo que não consigo juntar os amigos para alguma atividade já assisti esse documentário mais vou assistir de novo, quem sabe já invento alguma coisa , hoje me arrependo de não ter aproveitado mais todos esportes que tive oportunidade de fazer hoje estou muito limitado ...mais sei que o bloqueio eh mais mental do físico …
    ótimo texto parabéns pela iniciativa..

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigado, Soldado! Espero que você consiga também.

      Excluir
  5. Legal,além do benefício físico ao que me parece foi diversão a custo zero.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Só não foi custo zero porque eu tive que comprar a bomba para encher as bolas, mas valeu a pena!
      Abraço!

      Excluir